Customizando seu WordPress hospedado no Azure

Sign in to queue

Description

Customizando seu WordPress hospedado no Azure

Uma vez criado seu WordPress no Azure , é possível customizá-lo de várias formas. Porém, como ele está hospedado na Nuvem, há algumas particularidades que devem ser consideradas para tal. Nesse tutorial você aprenderá:

  • Como rodá-lo localmente no Linux;
  • Como customizar seu WordPress com plug-ins;
  • Como implantar as customizações usando Git.

Para customizar o WordPress, é necessário ter o código localmente. Uma vez que a aplicação está na Nuvem ela é facilmente escalável, adicionando mais máquinas. Aqui podem ocorrer problemas, pois ao rodar a aplicação em 10 máquinas, caso seja instalado um plug-in em uma delas, não há nada que indique para o Azure que as demais máquinas devem ser atualizadas. A forma mais adequada de fazê-lo é através do controle de versão, pois quando fazemos as alterações e as enviamos ao repositório remoto, o Azure se encarrega de fazer a implantação e atualizar todas as máquinas onde a aplicação está rodando.

Primeiro, é preciso configurar um repositório Git para o site. No portal do Azure, na área de administração do site, clique em Configurar a implantação a partir do controle de origem:

Generic Episode Image

Selecione Repositório Git local e clique na seta para avançar:

Generic Episode Image

Se essa é a primeira vez que você cria um repositório Git no seu Azure, ele vai solicitar a criação de um usuário e senha para acesso:

Generic Episode Image

Será mostrada uma tela indicando que o repositório Git está sendo criado, e após alguns instantes serão apresentadas as informações sobre o repositório:

 

Generic Episode Image

Com isso já podemos baixar o código da aplicação.

OBSERVAÇÃO

Para prosseguir com esse tutorial é preciso ter o git e o php5 instalados. Caso seu sistema não tenha, execute o seguinte comando (em distribuições Debian):

sudo apt-get install git php5 php5-mysql

Agora podemos clonar o repositório localmente com o comando git clone:

git clone URL_DO_GIT

O git vai pedir a senha para acesso, e em seguida baixar o repositório.

Generic Episode Image

 

Rodando a aplicação localmente

Para rodar a aplicação de forma stand alone, há duas configurações importantes:

  1. Dar permissão total para o usuário que roda a aplicação. Isso é necessário para evitar problemas durante a customização, especialmente na instalação/remoção de plug-ins. Para conceder essa permissão, uma vez dentro da pasta do projeto, rode o comando

sudo chown -R root: .

Esse comando torna o usuário root o dono da pasta atual e suas subpastas.

  1. Criar um redirecionamento no arquivo hosts. Mesmo ao rodar a aplicação WordPress localmente, ela fará vários redirecionamentos para a aplicação real. A forma mais fácil de lidar com isso no desenvolvimento é especificando o endereço real da aplicação como local. Para fazer isso, rode o comando:

sudo gedit /etc/hosts

Para abrir o arquivo para edição. Comente a linha que especifica o localhost e adicione uma nova linha, com o ip local apontando para o endereço da aplicação remota. Vai ficar assim:

#127.0.0.1       localhost
127.0.0.1         URL do Azure Websites

Onde URL deve ser substituída pela url da aplicação, por exemplo azurewp.azurewebsites.net. Dessa forma a aplicação local vai ser acessada usando como alias a url da aplicação remota. Isso só deve permanecer assim enquanto em desenvolvimento, quando a customização estiver terminada, as linhas do arquivo hosts devem voltar a ser como eram.

Com as configurações feitas, para subir a aplicação execute o comando:

sudo php -S 127.0.0.1:80

Acesse a url do site (nesse exemplo, azurewp.azurewebsites.net) para acessar localmente. É possível visualizar no console o que a aplicação está entregando para o browser:

Generic Episode Image 

Instalando Plug-ins

Vamos customizar o WordPress para que ele tenha a funcionalidade de gerenciamento de arquivos. Para isso vamos instalar o plug-in SP Project & Document Manager por exemplo [http://wordpress.org/plugins/sp-client-document-manager/]. Acesse a área de administração do WordPress e clique em plug-ins. Você vai ver a listagem de plug-in instalados:

 Generic Episode Image

Clique no botão Add New e na tela seguinte, na caixa de texto, busque por sp-client-document-manager:

Generic Episode Image

O plug-in que procuramos é o primeiro da lista. Clique em Install Now. Após alguns instantes será apresentada a tela de sucesso:

Generic Episode Image

 

Generic Episode Image

Clique em Activate Plugin e o novo plug-in vai aparecer como ativo na listagem. Repare que agora há dois itens novos no menu lateral, Documents e Folders:

Generic Episode Image

Isso conclui a instalação do plug-in localmente. Verifique com o comando git status que agora há uma nova pasta no repositório local:

Generic Episode Image

Implantando as customizações no Azure

Essa é a parte mais fácil. É necessário apenas fazer um push para o repositório remoto e o Azure vai atualizar a aplicação em todas as máquinas na qual ela estiver rodando. Rode os seguintes comandos:

sudo git add .

sudo git commit -m "mensagem de commit"

sudo git push origin master

Generic Episode Image

*nesse momento o sudo é necessário porque o root é o atual dono da pasta. Para não precisar usá-lo execute novamente o comando chown passando a posse da pasta para outro usuário. Ex:

sudo chown -R juliano: .

Durante o processo, o Azure vai nos posicionando sobre o estado da aplicação, onde "Deployment successful" é o estado final, indicando sucesso. Altere novamente o arquivo /etc/hosts e acesse o site remoto, o qual terá o plug-in instalado independentemente de em quantas máquinas a aplicação estiver rodando.

127.0.0.1       localhost
#127.0.0.1         URL do Azure Websites

 

 

The Discussion

Add Your 2 Cents